Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Distinta

Dar-te-ei tudo, sempre.

Que tudo aquilo que vivamos
seja alimentado por amor.
Porque quando tudo se for,
são esses pequenos gestos
e momentos felizes,Bird.jpg
os protagonistas das nossas memórias.

Vivemos tanto,

mas crescemos mais ainda.
Não é o amor feito desses momentos

de felicidade e cumplicidade?
Temos tanto um do outro.
Temo-nos um ao outro,
da forma mais verdadeira e fiel possível.
Não temos tudo?

É saberes que podes enfrentar o mundo,
porque terás sempre o meu chão.
Dar-te-ei tudo, sempre.
Tens-me o coração,
da forma mais simples.

 

Ana.

 

 

 

 

Saudade

watercolorFlowerHeader.jpg

Saudade é um sentimento bom,

que quando visita a memória,

faz o coração doer.

O pensamento é consumido,

pela recordação de algo inesquecível

que queremos voltar a sentir.

Algo bom que nos preenche o coração, 

a alma e todo e qualquer pedaço,

que nos pertence.

Algo que é de descrição difícil,

mas de compreensão fácil.

Algo que todos podem sentir,

mas nem todos o sabem dizer.

Afinal… saudade é uma palavra

sem tradução em qualquer outra língua,

mas é algo que todos já experimentaram.

 

Ana Sousa

watercolorFlowerHeader.jpg

 

Saudade

tumblr_nlpziict6W1uosmx1o1_400.jpg

Saudade é um sentimento bom,

que quando visita a memória,

faz o coração doer.

O pensamento é consumido,

pela recordação de algo inesquecível

que queremos voltar a sentir.

Algo bom que nos preenche o coração, 

a alma e todo e qualquer pedaço,

que nos pertence.

Algo que é de descrição difícil,

mas de compreensão fácil.

Algo que todos podem sentir,

mas nem todos o sabem dizer.

Afinal… saudade é uma palavra

sem tradução em qualquer outra língua,

mas é algo que todos já experimentaram.

 

Ana Sousa

 

 

Tudo em nós

Tenho-te sem te ter,

sinto-te sem te tocar,

olho-te sem te ver.

Mas tudo em ti me faz sonhar.

 tumblr_mi03weuv181s27yqpo1_500.png

É difícil acordar sem saber

o dia em que te volto a ver.

Mas quero tanto e gosto tanto,

que já não dá para sonhar diferente.

Já fazes parte dos meus sonhos,

já fazes parte de mim.

Há quem diga que é impossível,

há quem diga que é uma estupidez...

ainda bem que nunca dei valor

"àqueles que dizem".

 

Dou valor a mim, a ti e a nós. 

O amor é grande, é forte e estruturado.

É mutuo.

Tudo o que é difícil, tem ainda mais sabor.

Vou continuar de coração preenchido.

E até "dizê-lo cantando a toda a gente",

tal como a poeta.

Porque o que importa é o que és em mim,

o que fazes em mim,

e o que queres sonhar comigo. 

E eu tenho todos os sonhos do mundo.

 

 

 

Ana.

 

.

 

 

Silêncios de esperança

O mundo tremeu 

perante o terror.

Vidas tiradas,

sonhos roubados

e uma paz devastada.

 

Um mundo corrompido pela dor,

onde ainda nem todos

aceitam ser diferentes.

Uma luta demorada,

travada por gritos de dor

e silêncios de esperança.

 

Não há fim à vista,

mas a eterna vontade 

de viver livre é o lema

de todos aqueles

que lutam pelo direito

de escolhas diferentes.

 

Ana Sousa

 

Chuva

Chuva que cais lá fora

leva contigo

todos os meus pesares.

Lava,leva bem para longe.

Que não torne a sentir

tais desenganos.

 

O teu canto bateu no peito

e trouxe a saudade.

De dias felizes

em tempos passados.

 

Oh chuva, que lavas,

que limpas,

devolve-me a alma.

Que grita em silêncio

por alguém que está aqui,

mas já não existe.

 

Ana Sousa

Caminhos

Perdida na Imensidão,

Coberta por tantos caminhos.

Procuro quem me dê a mão

Para encontrar um destino.

 

Pensamentos tecidos de sonhos,

Como o olhar de uma menina.

Um coração apertadinho,

Por razões em que não tenho escolha.

 

Continuo a sonhar,

Porque o sonho comanda a vida.

Um dia a sorte muda

E o meu mundo vai conter magia. Ana Sousa

Gosto de ti. Mas não gosto de gostar de ti.

Gosto de ti. Mas não gosto de gostar de ti. Já estás no meu mundo, sem eu me ter dado conta. Chegaste de mansinho, foste fazendo parte do meu quotidiano e instalaste-te sem pedir licença. Estou dependente da tua presença, do teu sorriso...de tudo em ti. De certa forma sinto-me presa a ti e é uma ligação que já não consigo dominar. É bom sentir amor, mas esta necessidade de ti pode levar-me ao chão...e eu sempre tão livre estou nesta encruzilhada desenhada por ti. Tenho medo. Acabei de sair da minha zona de conforto e entrei neste mundo do amor, cheio de altos e baixos e um futuro invisível. Porra, gosto de ti...mas não gosto de gostar de ti.

Ana Sousa