Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Distinta

Silêncios de esperança

O mundo tremeu 

perante o terror.

Vidas tiradas,

sonhos roubados

e uma paz devastada.

 

Um mundo corrompido pela dor,

onde ainda nem todos

aceitam ser diferentes.

Uma luta demorada,

travada por gritos de dor

e silêncios de esperança.

 

Não há fim à vista,

mas a eterna vontade 

de viver livre é o lema

de todos aqueles

que lutam pelo direito

de escolhas diferentes.

 

Ana Sousa