Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Distinta

Amar é assim

Amar é assim, um sossego desassossegado
Um momento inesperado
de gente que se toca num gesto imaculado
em que tudo o que se procura é encontrado.

Almas que se dão
corpos que se encontram
onde se prende o coração
e se perde a razão.

Sonhos são formados
projectos são traçados
sem um final destinado
o rumo vai sendo abraçado. 

 

Ana Sousa